Untitled Document
Cândido Mota

PROCURA NOTÍCIAS?
Notícias
91 anos Cândido Mota
Nota de Falecimento
Esportes
Negócios
Entretenimento
Vídeos
Edições Anteriores
Expediente
Histórico
Anuncie
Fale Conosco
Enquete
O que você acha mais condenável?

Impostos Elevados (48.4%)
Corrupção (20.4%)
Dinheiro Público mal Aplicado (15.5%)
Impunidade (15.6%)
 Publicidade
 Previsão do Tempo

07/04/2017 às 19h18min - Atualizada em 07/04/2017 às 19h18min
Redação - Cândido Mota(SP)
TAMANHO DA FONTE A- A+
Funcionários da prefeitura de CM participam de ciclo de debates do TCESP em Bauru

Funcionários da prefeitura de Cândido Mota participaram na última quinta-feira, dia 6, em Bauru, de evento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (Tcesp). Trata-se do encontro da 21º Edição do Ciclo de Debates com Agentes Políticos e Dirigentes Municipais. Mais de 500 representantes de 83 prefeituras estiveram presentes para ouvir o presidente do Tcesp, Sidney Estanislau Beraldo. “Essa é uma forma do Tribunal passar informações aos gestores para quem busquem corrigir os problemas e façam com que o serviço público melhore e seja melhor aplicado”, disse o presidente do Tcesp.
O deputado estadual, Pedro Tobias, que também participou do encontro, disse que a iniciativa do Tcesp é muito positiva, uma vez que os atuais gestores municipais estão no início do mandato e, assim, podem trocar experiências técnicas para utilizar corretamente o dinheiro público e cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. “Tenho certeza de que foi um evento produtivo para prefeitos, vereadores e secretários municipais, que obtiveram informações dos técnicos do Tribunal de Contas de como promover uma gestão austera, eficiente e com avanços sociais”, ressaltou o deputado.
A comitiva de Cândido Mota foi formada por funcionários das Secretarias da Administração, Assistência Social, Fazenda, Negócios Jurídicos e Serviço Autônomo de Agua e Esgoto (Saae). Todos destacaram a importância de participar do evento. O secretário de Negócios Jurídicos, Valmir Sachetti Junior, disse: “A integração entre o TC e o poder público, vem sendo motivada cada vez mais, com o escopo de orientar os prefeitos e gestores municipais sobre a efetiva e regular gestão dos recursos públicos. Com a preocupação em prevenir os atos do Poder Executivo, estamos sempre em busca de orientações junto ao TC de nossa região. Daí a importância jurídica na participação do 21º Ciclo de Debates com agentes Políticos e Dirigentes Municipais 2017”, disse
Eduardo Begosso Russo, advogado da prefeitura falou: “É de suma importância a participação de membros da administração municipal nos ciclos de debates promovidos pelo Tcesp. É a oportunidade de um contato mais próximo com os fiscalizadores, de modo a acompanhar as linhas de atuação da corte de contas e ainda, adequar as ações de acordo com os parâmetros estabelecidos pela fiscalização”.
Para Rosângela Néspolo de Andrade, a importância foi obter mais informações a respeito do Marco Regulatório do Terceiro Setor. ‘Se uma associação sem fins lucrativos desejar continuar ou iniciar uma parceria com o poder público, deverá adaptar seu estatuto social para poder se relacionar com o governo e obter recursos. E para mantermos este bom relacionamento, precisamos ter conhecimento do que o TC aponta para este Marco Regulatório”, disse a secretária da Assistência Social. Representante do Saae no encontro, Mauro Serafim da Silva foi objetivo ao dizer: “Foram duas horas de informações que valerão para o ano todo”.
O evento também debateu os temas planejamento e transparência, com a intenção de orientar as prefeituras sobre a aplicação dos recursos públicos. “Temos sempre que estar atentos na aplicação dos recursos públicos e encontro como este serve para nortearmos e certificarmos que as nossas ações estão corretas, seguindo a legislação” destacou Adilson Magrinelli, secretário de Administração e Fazenda.
O prefeito Roberto Bueno, por sua vez, disse: “É necessário ressaltar que nos últimos anos, o tribunal vem aprimorando suas ações e iniciativas, ficando mais próximos dos municípios jurisdicionados e ainda, deixando de ser tão somente o órgão fiscalizador, passando a exercer uma função consultora, de modo a facilitar a ação dos gestores municipais”.



LINK DA NOTÍCIA - ESPALHE POR AÍ!
Campartilhar essa Notícia:




  OUTRAS NOTÍCIAS
18/04/2018 - Prefeitura de CM retoma obras da escola do jardim Tangará
18/04/2018 - CM recebe voluntariado da ‘CTG Brasil’
18/04/2018 - SicoobCredimota reúne centenas de cooperados em assembleia anual
17/04/2018 - Prefeitura de CM investe R$ 175 mil na compra de ‘rolo compactador’
17/04/2018 - Câmara aprova projeto que proíbe ‘inauguração de obras inacabadas’ em CM
17/04/2018 - Sicredi retorna campanha que estimula hábito de poupar
16/04/2018 - Fundo Social de CM entrega 100 lençóis à Santa Casa ‘Imaculada Conceição’
13/04/2018 - Saae tem material elétrico roubado do reservatório de água do estádio ‘Benedito Pires’
13/04/2018 - Acicam realiza ‘Segundo Outlet de CM’
12/04/2018 - Justiça Eleitoral de CM esclarece sobre biometria a maiores de 70 anos
 Publicidade

PROCURA NOTÍCIAS?